quarta-feira, 11 de abril de 2018

Entre a raiz e a flor, há o tempo.

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Muitas das amizades mais importantes que levamos para toda a vida começam na escola. Com esses amigos compartilhamos experiências, perspectivas para o futuro, segredos e construímos uma forte relação para nos ajudar a ultrapassar as principais barreiras do nosso crescimento.

      Excluir

  2. A experiência demonstra que as histórias em quadrinhos podem ser utilizadas basicamente em todas as áreas e disciplinas, tanto como fonte de informação ou fundamentos de conteúdo, como no desenvolvimento de atividades específicas. Nas aulas de artes, elas podem ser estudadas como forma de manifestação artística, enfocando sua linguagem, códigos utilizados e estrutura narrativa. Nas de geografia, podem ser discutidas histórias em locais específicos, estudando-se elementos topográficos ou culturais de países ou regiões. Nas de história, podem fundamentar as diversas épocas de desenvolvimento histórico, servindo para identificação de anacronismos ou ideologias dos autores na elaboração da narrativa. Nas de língua portuguesa, podem auxiliar no enfoque de pontos específicos de gramática (locuções verbais, gírias etc.) ou no entendimento e interpretação de textos. Nas aulas de física, assim como nas de biologia e/ou química, podem oferecer subsídios para a discussão de teorias diversas, quando contrastadas com elementos narrativos dos quadrinhos. E assim por diante.

    Nesse sentido, cada professor, ciente de suas necessidades didáticas e reconhecendo o potencial de uso e as características da linguagem dos quadrinhos, a disponibilidade de material e as peculiaridades de seus alunos e a sua ambiência escolar, com criatividade, poderá eleger a melhor forma de utilizar os produtos quadrinísticos em sua prática diária.

    ResponderExcluir